Comissão Europeia quer intermediários para informá-los sobre construções…

A Comissão Européia quer que os intermediários os informem sobre as construções para evitar impostos que eles criam para seus clientes.

Os países geralmente perdem receita tributária devido a construções fiscais principalmente transnacionais que consultores tributários, contadores, bancos e advogados (intermediários) criam para seus clientes. Para aumentar a transparência e permitir descontar esses impostos pelas autoridades fiscais, a Comissão Europeia propõe que, a partir de 1º de janeiro de 2019, esses intermediários sejam obrigados a fornecer informações sobre essas construções antes de serem implementadas por seus clientes. Os documentos a serem fornecidos serão disponibilizados para as autoridades fiscais em um banco de dados da UE. As regras são abrangentes: elas se aplicam a todos os intermediários, todas as construções e todos os países. Os intermediários que não acompanharem essas novas regras serão sancionados. A proposta será submetida à aprovação do Parlamento Europeu e do Conselho.

2017-06-22

Partilhar